sábado, 16 de fevereiro de 2019

A DEFESA - 4


Continuando a entrevista informal:
4.    Você acha que o livro ‘A PRAÇA DA BANDEIRA E OUTRAS BANDEIRAS’ permite ao leitor uma reflexão mais apurada sobre a questão do sertão, que é a temática do livro ou traz uma linha de pensamento fechada, onde o horizonte  é demarcado com o ponto de vista do autor?

Eu entendo que o leitor é soberano, tanto na aceitação e assimilação de qualquer colocação, bem como, na refutação de pontos de vistas que se apresentem como um nó cego, evidente que o leitor vai criar o contraditório naquilo que ele mantém discordância ou acha dissonante, mas isso faz parte e representa a criação de um contexto mais rico, mais emblemático e com maior profundidade. Tudo que é dito tem que ser questionado, não necessariamente refutado, mas o critério norteador é a consciência do leitor, que tem a primazia de desatar qualquer nó.

Você pode adquirir o eBook ‘A PRAÇA DA BANDEIRA E OUTRAS BANDEIRAS’ no site da https://www.amazon.com.br

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

A DEFESA - 3


Continuando a entrevista informal:
3. Você acredita que ao ler o livro ‘A PRAÇA DA BANDEIRA E OUTRAS BANDEIRAS’ o leitor poderá ser agraciado com uma leitura agradável e ao finalizá-la ter aquela sensação aprazível de que valeu a pena?

Acredito que sim. Evidente que no momento em que a narrativa tem o foco na análise de uma situação ou conjuntura, isso requer uma atenção bem maior e uma reflexão mais concentrada no que o texto quer apresentar, desta forma, a leitura poderá ficar densa e marrenta para muitos leitores; da mesma forma quando se tem uma situação de narrativa descritiva, com muitas minúcias, aí a leitura fica maçante, pesada, amarrada e carrascosa.

Agora, diferentemente, quando a narrativa discorre sobre a prosa do catingueiro, aí o livro cresce, ganha vida e torna-se altaneiro, porque entra em cena a prosa do catingueiro, essa figura humana matreira, cheia de esperteza e malícia, que dá nó em pingo d’água ao apresentar uma inteligência fina, extremamente aguda e brilhante, neste momento, o leitor poderá apreciar e desfrutar de um deleite aprazível proporcionada pela inteligência firme do matuto, do catingueiro, do sertanejo; estando aqui, a grandeza e o ponto positivo na narrativa da obra.
   
Você pode adquirir o eBook ‘A PRAÇA DA BANDEIRA E OUTRAS BANDEIRAS’ no site da https://www.amazon.com.br

domingo, 3 de fevereiro de 2019

A DEFESA - 2


Dando continuação à entrevista informal:
2.    Você acha que o livro ‘A PRAÇA DA BANDEIRA E OUTRAS BANDEIRAS’ tem uma importância como história e literatura que ultrapasse o interesse localizado e tenha possibilidade de uma projeção a nível nacional?

Eu digo que sim. O interesse do ipiraense poderia ter sido mais intensivo, por se tratar de um autor que nasceu nesse município e por ter como centro do roteiro esta localidade; sendo que, a temática imprime para uma condição mais regional e a narrativa tem um poder mais abrangente e engloba o ser humano, aqui a obra adquire um caráter de maior amplitude.

Então, da origem e consolidação da vila do Camisão temos a nossa tribo; enquadrado no semi-árido e com secas intermitentes adentramos no regional; na luta pela sobrevivência, nas dores e alegrias, no amor e ódio embrenhamos na universalidade literária proveniente e determinante do ser humano.

Eu acho que o livro ‘A PRAÇA DA BANDEIRA E OUTRAS BANDEIRAS’ tem essa trajetória interior que ultrapassa qualquer limitação.

O problema é como atingir esse grande contingente de leitores da Amazon com credibilidade e, nesse sentido, é necessário um trabalho de divulgação massivo, daí a importância de todos os leitores desse blog em contribuir com essa propagação da obra, desde quando tenham noção do seu mérito e da sua necessidade. Eu agradeço.

Você pode adquirir o eBook ‘A PRAÇA DA BANDEIRA E OUTRAS BANDEIRAS’ no site da https://www.amazon.com.br

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

A DEFESA - 1


Firmei contrato com a Amazon Kindle, a quem compete a venda com exclusividade do livro A PRAÇA DA BANDEIRA E OUTRAS BANDEIRAS, no formato eBook. A Amazon Kindle é considerada uma das maiores livrarias virtuais do mundo.

https://www.amazon.com.br/s/ref=nb_sb_ss_i_1_11__mk_pt_B=ÅMÅŽÕÑ&url=search-alias ..

No momento em que o livro A PRAÇA DA BANDEIRA E OUTRAS BANDEIRAS é apresentado numa plataforma dessa natureza e magnitude, com possibilidade de atingir milhões de leitores na Amazon, necessário se faz, que se faça uma rede em defesa e apoio à obra, para que alcance visibilidade e valor literário e cultural, nesse sentido, é necessário que as pessoas que se sensibilizaram com esta leitura, que participem da divulgação desta obra, compartilhando e propagando nos mais variados grupos nas redes sociais.

Espero que esse trabalho participativo na divulgação faça com que o livro  A PRAÇA DA BANDEIRA E OUTRAS BANDEIRAS atinja o patamar de INDICAÇÕES da Amazon, que significará  uma credencial afirmativa da obra.

Quando do pacto contratual, participei de uma entrevista informal, mas que deixou claro  a necessidade de defender em sua essência a obra A PRAÇA DA BANDEIRA E OUTRAS BANDEIRAS.

1.    Você acha que o livro A PRAÇA DA BANDEIRA E OUTRAS BANDEIRAS tem condição de submeter-se à apreciação numa livraria virtual que tem por excelência apresentar ao público grandes obras?
Autor: Claro que sim. Faço a defesa da obra com tranqüilidade e a segurança de que este trabalho tem uma importância relevante para a compreensão da vida humana no semi-árido. Trata-se da abordagem sobre a implantação de uma sociedade colonizada com marca própria e semelhanças com as mais diversas cidades formadas pela movimentação de boiadas e com o estabelecimento dos currais.

A gênese de uma colonização que tem por base os currais de gado na ocupação espacial, que surge intercalada e potencializada com contradições e em conflitos sociais com os indígenas no estabelecimento da propriedade da terra e da posse dos animais; na difícil luta pela sobrevivência em um território imenso e distante como o sertão que vai de Feira de Santana ao Alto Sertão do São Francisco; uma sociedade que floresce no rastro dos cascos, do estrume e no mugido do boi; que traz a sonoridade e a poesia do boiado dos vaqueiros, como o limiar de uma melodia triste e sonhadora na expressão humana.

Esta é a sociedade do boi, com suas fazendas, seus vaqueiros, sua lida, suas dificuldades, atribulações e conquistas; tudo isso foi a vida que virou temática no livro A PRAÇA DA BANDEIRA E OUTRAS BANDEIRAS.

Se a vida passou como tinha que passar, o livro A PRAÇA DA BANDEIRA E OUTRAS BANDEIRAS tem esse papel de rebuscar e reavivar esse passado, embora num formato ficcional, para trazer à tona e não deixar morrer, a beleza e o épico dessa aventura humana neste grande sertão, que representa a ligação, a raiz e é o cordão umbilical que está enterrado neste glorioso sertão.

A PRAÇA DA BANDEIRA E OUTRAS BANDEIRAS no seu romancismo é um clamor à persistência e a importância à historiografia regional e um apelo à consciência humana para que não percamos a sensibilidade, a beleza e o sonho de pisar e comer desse chão. É por isso que solicito o apoio e a ajuda dos leitores desse Blog na divulgação do eBook A PRAÇA DA BANDEIRA E OUTRAS BANDEIRAS.

segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

LA BOMBA


O livro ‘A Praça da Bandeira e outras bandeiras’ foi editado no formato e-Book e você pode adquiri-lo, tranquilamente, acessando o site: Amazon.com.br --> https://amzn.to/2RO2M73

Realizei as correções necessárias e acrescentei várias fotos: da rua de Cima, do Puxa, do Campo do Gado, da Praça da Bandeira; da caatinga e da mata da Caboronga; do boi Estrela todo sorumbático; do bicho mais esperto e generoso do semi-árido, a cabra; do vaqueiro Francisco Antonio, o Chico Antõe, meu avô, vaqueiro daqueles tempos ásperos e românticos, porque os vaqueiros de hoje, prendem o gado montando moto e dirigindo Hilux.

O livro tem foto e a boa prosa do catingueiro, ficou mais rico e mais gostoso de se vê e de se lê. A primeira edição física esgotou-se rapidamente e não surgiram condições objetivas para viabilizar uma nova edição. Na estrutura atual, com fotografias e mais páginas, com o mesmo conteúdo, depois de alguns orçamentos em gráficas o preço de venda do livro físico, giraria em torno dos duzentos reais, e no formato e-Book, virtual, ele pode ser adquirido por R$ 24,99, com todo comodidade. 

Desejo-lhe uma boa leitura.


domingo, 20 de janeiro de 2019

PREFEITO, OLHA QUEM ESTÁ NA TUA COLA!


FLUXOGRAMA (pensa assim): “Deixa essa cara de prefeito marrento e vai trabalhar, senão eu vou furar teus olhos!”

PREFEITO MB (pensa assim): “Chega pra lá fluxograma peba, eu vou ser o maior prefeito dessa terra!”

Evidente que na avaliação do gestor temos que ter por base fatos concretos. O que está fazendo o gestor e o que pretende fazer? Assim sendo, nada melhor do que voltarmos ao Programa de Governo apresentado nas eleições, agora, para uma área prioritária e imprescindível para a população: o FLUXOGRAMA aborda a prestação dos serviços públicos, com qualidade Nota DEZ; sem qualidade e ineficiente é ZERO na cabeça.
1
                 1.     EDUCAÇÃO.

O Programa do prefeito Marcelo começa assim: “Educação – fator essencial do crescimento”

(a) “A nova administração de Ipirá vai criar um serviço móvel de reparos exclusivo para a educação. sem qualquer burocracia para que não haja queda na qualidade do serviço de educação prestado, ou qualquer atraso no ano letivo.”

(b) “A administração vai prestigiar o mérito dos estudantes. Será lançado o projeto “VALEU”. uma viagem cultural e de lazer para um ponto da Bahia e do Brasil.”

(c) “Será também ampliado e melhor estruturado o curso de alfabetização de adultos.”

(d) “O bem-estar das crianças carentes com as creches será privilegiado. Teremos boa alimentação e horários compatíveis com o trabalho das mães.”

MINHA OPINIÃO – Na educação, a gestão de Marcelo Brandão começou como uma comédia e está virando uma tragédia. Como é que o prefeito quer fechar a escola Georgina Souza Mascarenhas existente há mais de setenta anos, na região da fazenda Lagoa das Pedras? E os alunos, prefeito? Vão ter que estudar em Pé de Serra? Prefeito Marcelo Brandão sua responsabilidadecom a Educação  é maior, bem maior, do que V. Exa., pensa ou imagina.

V. Exa. Sr. Prefeito, Marcelo Brandão! Está dando uma marretada na cabeça da juventude de Ipirá; e desse jeito não vai ficar nem os miolos: não iniciou, ainda, a reforma da Casa do Estudante; acabou a Fanfarra Municipal ; e agora, quer fechar até ESCOLA!


                                 2.     SAÚDE.

O Programa do prefeito Marcelo começa assim: “Meta – uma saúde eficiente.”

“Vamos buscar um sistema de saúde municipal que prestigie a pessoa, o ser humano. Temos conhecimento das dificuldades nessa área. pretendemos tornar o atendimento médico-odontológico mais eficiente para a nossa gente.”

“Revitalização dos serviços de Saúde e Educação. Reorganização da política de prioridade para os serviços públicos essenciais com imediato diagnóstico de carências essenciais e operacionalização de ações emergenciais de atendimento de saúde e a educação e com recuperação de recursos físicos e material necessário.”

(a) “As crianças deverão ter uma assistência diferenciada. O Centro Médico de Ipirá passará a ser o Centro Médico Pediátrico, com médicos, diariamente, para consultas tratamentos específicos e emergências médicas.”

(b) criar um Centro de Diagnóstico, onde a comunidade contará com profissionais das mais variadas especialidades e com bom atendimento,

( c ) “É ponto pacífico, sem mais discussão, a aquisição de uma UTI móvel. Ela estará pronta a qualquer hora para atender casos de extrema gravidade. Buscaremos a verdadeira implantação do serviço SAMU para Ipirá. Renovaremos a frota de ambulâncias, toda zona rural esteja coberta por esse serviço de remoção de pacientes.”

(d) “Os serviços odontológicos serão intensificados.”

(e) “O Hospital Municipal deverá sofrer uma reformulação geral para melhor atender você. Construiremos uma ala especial para crianças de até 12 (doze) anos, Será instalado no HMI o Núcleo Geriátrico para atendimento de idosos, inclusive com fisioterapia.”

(f) “A Zona Rural terá uma assistência médico-odontológica eficaz, ampliada para todas as localidades do município. Serão adquiridas unidades móveis de saúde.”

(g) “Serão instalados Postos de Saúde em bairros mais distantes do centro da cidade, para realização de pequenos atendimentos.”

(h) “PSFs, cuja a implantação em todos os povoados e distritos é meta a ser buscada.”

MINHA OPINIÃO: O palavreado é lustroso e bonito. Dois anos de gestão muito pouco tem sido apresentado, mesmo levando-se em conta a troca de seis por meia-dúzia; nem o secretário(a)-chefe aguenta duas ventanias, é um tal de entra-e-sai que não tem quem se segure. Essa instabilidade mostra que a coisa não está indo bem, e na UPA falta coisa que não era prá faltar. O Hospital? Oh, Deus do Céu, eu deixo para os vereadores falarem.

                3.      SEGURANÇA.

Está escrito no Programa do prefeito Marcelo: “A segurança pública é um desafio, na sede e no interior do município. Sabemos das deficiências do Governo do Estado. E sentimos aqui os problemas crônicos e, por isso, vamos buscar solução.” 

(   (a) “É nosso desejo criar a Guarda Municipal, treinada, armada e monitorada, para garantir a segurança, no apoio à Polícia Militar, na sede e na zona rural,”

(   (b) “Deflagração da operação “Ipirá em paz”, com serviço de inteligência, prevenir e reprimir os assaltos nas estradas e outras ações criminosas que ponham em risco a tranqüilidade da população.”

(  (c)  “Equipes de rondas nas estradas rurais e entradas dos distritos, em comunicação com as polícias civil e militar através de uso de novas tecnologias.”

(  (d) - lutar pela implantação de Postos Policiais nos distritos, observada a prioridade segundo as estatísticas;

(  (e) - Apoio as ações das polícias civil e militar através de convênios de cooperação,
   
    MINHA OPINIÃO: Qual destes itens foi realizado?

   Essa Guarda Municipal é só conversa “prá boi dormir” e a coisa é simples, ele viu o prefeito da macacada contratar uma guarda municipal particular, aí ele vai imitá-lo para beneficiar alguém da jacuzada.
   
              4.    EMPREGO & RENDA.

Lembrando a juventude, não podemos nos afastar do tema geração de emprego e renda. Vamos fazer o melhor por nossa terra.

 (a)  “A geração de emprego em Ipirá será o nosso objetivo na busca incansável no governo estadual, federal e iniciativa privada. A juventude precisa trabalhar.”

 (b) “As grandes festas serão por certo o nosso ponto alto de lazer e geração de renda.’’

MINHA OPINIÃO: Ele falou isso aí; nem o (b) ele está cumprindo e Ipirá continua sendo um “grande” centro exportador de jovens para o estudo universitário e como mão-de-obra em outros grandes centros.
   
                   5. LIMPEZA PÚBLICA.

(  (a) “A limpeza pública. O atual sistema será ampliado, com a inclusão da coleta de entulho e a erradicação do mato nos terrenos inabitados na periferia da cidade.”

(  (b) “Quanto à coleta de lixo na sede do município, deverão ser implantados depósitos de coleta seletiva, para recolhimento em horários pré-estabelecidos. “

(  (c)  “Será criada a Diretoria de Pequenos Reparos que, dotada de veículo e pessoal especializado, vai reparar com a urgência necessária e sem deixar acúmulo, o que torna exorbitante o custo, como buracos, meio-fio quebrado, calçamento cedendo, capina, retirada de animais da via pública,”

(  (d) “As metas principais dessa Secretaria serão o esgotamento sanitário, pavimentação e asfaltamento de ruas.”

(   (e) “Projeto Viver Bem.”

MINHA OPINIÃO: Isso aí em cima, funciona mesmo? Ele falou tudo isso.

          6.  ILUMINAÇÃO PÚBLICA.

(   (a) “A iluminação pública deverá ser ampliada. O serviço será terceirizado e nenhum ponto de zonas urbanas ficará no escuro.”

MINHA OPINIÃO: A Praça da Bandeira apresenta pontos de escuridão por falta de uma lâmpada de trinta reais. Será que essa prefeitura vai ter tanto dinheiro para terceirizar tantos serviço?

             7.  DESENVOLVIMENTO SOCIAL – “Nossa maior paixão”

“As carências da população devem ser prioridades. Cabe ao poder público tentar de todos os meios supri-las. Esse é o nosso entendimento. A Secretaria de Desenvolvimento Social de Ipirá vai manter um cadastro sempre atualizado de famílias carentes, verdadeiramente carentes, para as quais serão destinados os benefícios.”
  
    (a) “A vontade de viver bem dos idosos também será prioridade, somando-se ao núcleo geriátrico que será implantado no HMI.”

(   (b) “A nova administração criará o Expresso da Cidadania.”

(  (c)  “A Secretaria de Desenvolvimento Social manterá uma ambulância exclusiva para o transporte de gestantes do interior à sede do município,”

MINHA OPINIÃO: O IDHM de Ipirá é vergonhoso e o prefeito sozinho não será o Salvador da Pátria.

              8. ESPORTE, CULTURA & LAZER.

“É compromisso: A juventude terá destaque na nossa administração.”

(  (a) “O nosso governo vai com muito prazer, dar vida ao Campeonato Municipal, como nos bons tempos, a Seleção de Ipirá, É Ipirá crescendo no futebol.”

(   (b) “A Prefeitura de Ipirá vai contratar professores das mais variadas práticas esportivas, para fomentar nas quadras da cidade a prática do vôlei, basquete, futebol, handebol, entre outras. Esses professores terão também a função de formar equipes e campeonatos, para mobilizar a comunidade e os bairros, assim como levar a disputa para outros municípios.”

MINHA OPINIÃO: Ipirá tem que cuidar das crianças e da sua juventude agora, para que daqui a dez anos não lamentemos o tempo perdido.

          9. DESENVOLVIMENTO RURAL– “A força que vem do campo”

“Cremos, como cidadão de Ipirá que sente de perto as dificuldades dos proprietários rurais, que com a conjugação dos quatro fatores água, energia elétrica, estradas e segurança, a vida do homem do campo vai melhorar acentuadamente. Esse é o nosso desejo.”

“O nosso governo, para a zona rural, vai priorizar quatro ações básicas: água, energia elétrica, estrada e segurança.”

MINHA OPINIÃO: A produção no campo é fundamental e imprescindível para o desenvolvimento e progresso de Ipirá, sem isso, nada é nada.

             10. FINANÇAS - Gestão Responsável Gera Desenvolvimento.

  “A área financeira de uma empresa pública ou privada é a espinha dorsal do seu funcionamento.”
   
“Garantindo uma administração serena, eficiente, responsável”

(   (a) “Para que se viabilize um controle austero de gastos, o que irá propiciar grande economia e uma melhor aplicação dos recursos.”

(   (b) “Estabeleceremos uma planilha mensal de pagamento que priorizará, com base na média de arrecadação, o pagamento da folha de funcionários,”

(   (c)  “Prioridade fica por conta das despesas de manutenção geral e pagamento a fornecedores, tendo as compras critérios rígidos,”

(   (d) “Setor de tributos, que passará por um processo de reestruturação, com aperfeiçoamento e treinamento de pessoal, viabilizando o aumento da arrecadação”

(   (e) “Setor de compras, para monitoramento total, com prioridade para o comércio local,”

(   (f)   “Controle de gastos, inviabilizando a ultrapassagem da despesa sobre a receita.”

MINHA OPINIÃO: Essa gestão está sempre querendo furar os olhos do povo de Ipirá para arrancar dinheiro da população. Esse Código Tributário que eles queriam aplicar na surdina é uma facada no pescoço do povo e uma festança para a elite do Poder Municipal. O povo tem que ficar com os olhos abertos!

O prefeito Marcelo Brandão quer cobrar o IPTU na Praça da Bandeira MAIOR do que  o valor cobrado na Av. Senhor dos Passos em Feira ou de Stela Mares em Salvador, porque o que mete medo nesse povo viajado é que eles estão sempre sonhando com a Champs-Élysées em Paris, Mas, encerrando deixo a palavra com o PROGRAMA DO PREFEITO MARCELO BRANDÃO.

“É nossa intenção dotar da melhor estrutura possível todas as regiões do município, detectando os problemas e buscando soluções que sejam possíveis e atendam aos anseios da população.”

“Realização de obras de infra-estrutura, urbanização e jardinagem dos acessos de entrada da cidade e dos principais entroncamentos para os distritos com respectiva sinalização. Ainda em relação à entrada da cidade, iluminação, paisagismo e sinalização;”


“Com o tempo, a administração pública vem se tornando mais complexa em virtude das fontes de captação de recursos e do maior número de obrigações, o que exige especial aptidão e perseverança do gestor e sua equipe de colaboradores. O aperfeiçoamento da legislação, que vem procurando melhor dimensionar os gastos públicos no sentido de ver aplicados de maneira eficaz os recursos disponíveis, também é fator que requer do administrador atenção, para moldar a sua atuação às determinações legais.”
NOTA INFORMATIVA – Estou comunicando aos leitores deste blog, que o livro A PRAÇA DA BANDEIRA E OUTRAS BANDEIRAS será editado no formato e-Book. Fiz a necessária correção ortográfica, onde era devido, e acrescentei uma quantidade razoável de fotos. Agora, além da prosa tem as fotos. O contrato será fechado nesta terça-feira (22/01/19), aí os leitores terão o conteúdo do livro à sua disposição na maior comodidade.  

sábado, 12 de janeiro de 2019

FLUXOGRAMA / FALTAM DOIS ANOS

FLUXOGRAMA. Que joguinho é esse parceiro? O FLUXOGRAMA não é jogo, trata-se de um controle da administração em Ipirá. Explicando melhor esse baranguandê.

O  FLUXOGRAMA é está carinha graciosa que está na parte de baixo do retrato acima, trata-se de uma entidade móvel, que se movimenta para os lados, para cima e para baixo e caminha por todo o retrato. Só perderá a acessibilidade quando a obra estiver disponibilizada à população e marcada com um X no retrato, assim sendo o FLUXOGRAMA não poderá ter acesso a essa obra e perderá força.

O prefeito é este rosto emblemático e preocupado em realizar o seu trabalho, que está no centro do retrato e de todas as atenções dos munícipes. Ao seu redor estão dez obras importantes para o município de Ipirá. Toda vez que ele realizar e colocar uma dessas dez obras à disposição da população, esta obra será assinalada com um X e será ponto para o prefeito.

Se em DOIS anos, o prefeito não realizar as obras necessárias ao município de Ipirá, o FLUXOGRAMA vai ficar azuretado da vida e vai partir para tapar o rosto do prefeito. Isso acontecendo: bay bay, prefeito! Já foi, viu prefeito!

Se o prefeito realizar uma obra: nota 1. Se o prefeito realizar 10 obras em quatro anos: nota 10. E para não dizerem que são questões dificílimas; vamos colocar mais seis obras, além das dez do retrato: 

Até o momento, em DOIS ANOS, o prefeito Marcelo Brandão só realizou uma obra, não disse para que veio, mas tem mais de DOIS anos para tirar uma nota 10 ou 16, porque estamos querendo ver o desenvolvimento de Ipirá.

Qualquer cidadão poderá controlar a performance do gestor em quatro anos. Mas vem aí a série A e a série C. Na série B, não é nada confortável a situação do prefeito em Ipirá.
2019 O FLUXOGRAMA está de volta, trata-se de um controle da administração em Ipirá na atual gestão (ano base 2017/18).

01.U.T.I. (não)
02.SAMU (não)
03.ASFALTO NO CENTRO (não)
04.REQUALIFICAÇÃO DA PÇA. DA BANDEIRA (não)
05.REQUALIFICAÇÃO DO PUXA (em andamento)
06.MERCADO DE ARTE (não)
07.CASA DO ESTUDANTE (não)
08.AV. RGS ----------------------------------(SIM! SIM! SIM! SIM! SIM!)
09.MATADOURO DE IPIRÁ (não)
10.COBERTURA CENTRO DE ABASTECIMENTO (não)
11.SANEAMENTO BÁSICO (recomeçado)
12.PRAÇA DO MIRANTE (no papel)
13.ESTRADAS RURAIS com técnica de Santa Catarina (nada)
14.FACULDADE DE VERDADE (pública, gratuita, de qualidade, que não seja curso de extensão,  temporário e intempestivo); (nada)
15.PEQUENAS REPRESAS (tipo Trapiá) para represar os rios que passam por Ipirá, até perenizá-los; (nada)
16.CALÇAMENTO DE 100 RUAS (calçou a Eloi Marques).

Dois anos de governo, o prefeito Marcelo Brandão só  realizou um AÇUDE ou AGUADA no Salgado, outro no povoado Santa Rita e 01 calçamento na rua da FM.

Inaugurou a Avenida RGS, apesar de: deixou um poste dentro da pista asfaltada, por onde passa carro e moto; com as chuvas surgiu um buraco que engole uma moto (reparado).